Notícias GetTI

O que são serviços gerenciados de TI? Entenda aqui!

Muitas empresas, pensando em reduzir os custos, cometem o erro de contratar colaboradores para cuidar de tarefas pontuais em sua companhia. Para resolver a questão, você pode optar pelos serviços gerenciados de TI.

A solução se mostra mais eficiente por conta da equipe capacitada para realizar o trabalho. Como o grupo é preparado pela prestadora, o empresário não precisa se preocupar com capacitações e treinamentos do seu time.

Outro benefício da escolha é a qualidade do serviço prestado. Com o foco em prevenir problemas, a empresa cliente não precisa se preocupar em chamar seus próprios funcionários para cuidar das tarefas pontuais, os quais ficam, assim, disponíveis para executar atividades que demandam maior estratégia.

E você? Precisa contar com a sua própria equipe para cuidar dos processos de TI? Leia o nosso artigo e veja as vantagens dos serviços gerenciados!


Saiba o que é

Basicamente, os serviços gerenciados permitem à companhia, que busca profissionais qualificados, delegar as suas tarefas relacionadas ao ambiente de TI para uma empresa especializada.

A alternativa se torna uma opção interessante para o empreendedor, que não precisa lidar com processos burocráticos de contratação, pois a equipe que será responsável pela demanda, além de prestar um serviço de qualidade, poderá oferecer soluções tecnológicas de ponta, uma vez que os especialistas são treinados e capacitados com todas as novidades do mercado.


Entenda os objetivos

Os serviços gerenciados são indicados principalmente para as empresas que enfrentam dificuldades na gestão de infraestrutura na parte de TI. Como a equipe é capacitada, os profissionais são preparados para realizar as tarefas do dia a dia no momento necessário. Seja para fazer uma atualização de sistema ou máquina, seja para realizar um reparo, o grupo conta com especialistas para atender às demandas solicitadas.


Veja a importância dos serviços gerenciados de TI

Sabemos o quanto o empreendedor, que busca o crescimento da sua empresa, deve contar com a sua equipe para buscar melhorias no negócio, tanto no desenvolvimento de novos produtos/soluções quanto no aperfeiçoamento de algo já lançado no mercado.

Por esse motivo, a empresa deve considerar o uso dos serviços gerenciados. A facilidade em delegar tarefas diárias relacionadas à TI, que não estão relacionadas ao processo principal do empreendimento, permite que você tenha, à disposição, a sua equipe, de modo que seja possível trabalhar com foco no faturamento da empresa.


Observe as vantagens no investimento

A contratação de um novo colaborador, além de ser uma situação burocrática, traz grandes custos para o negócio, caso não seja planejada antes. O investimento em um funcionário, ao ocupar cargos gerenciais, apesar de parecer ser a maneira mais econômica para a empresa, na prática, pode ser diferente.

Imagine uma companhia que contrata uma equipe apenas para cuidar da parte técnica de TI. Além do processo de contratação, o empreendedor deve capacitar os funcionários por meio de cursos e treinamentos, tornando o investimento pesado.

O grande problema ocorre no dia a dia da empresa. Como eles são responsáveis por “apagar incêndios” resolvendo problemas pontuais, os funcionários podem não ter uma grande demanda em alguns dias, deixando os profissionais “engessados” em suas respectivas funções.

Ao contratar uma companhia parceira, o empresário não precisará se preocupar com os detalhes citados acima. Como os profissionais são treinados pela empresa contratada, a equipe é enviada para a entidade solicitante já preparada para executar as tarefas.

Outra vantagem do serviço é o preço cobrado. Como eles são contratados pelo cliente apenas para fazer as tarefas solicitadas, o pagamento é feito somente com relação ao serviço contratado, desobrigando o negócio do pagamento de altos salários todos os meses.


Entenda a diferença entre outsourcing e serviços gerenciados

Quando entendemos a função praticada pelos serviços gerenciados de TI, é natural que alguns empreendedores confundam as características com o já conhecido outsourcing. Para entender a diferença entre os serviços, separamos duas características abaixo:


Gestão de pessoas

No outsourcing, quando uma equipe é solicitada, a empresa cliente é quem será responsável por organizar as atividades dos funcionários, da mesma forma que um funcionário da própria companhia. A diferença é que é a empresa que se responsabiliza por contratos de alocação, trocas por outros funcionários e desligamento, quando o cliente não precisar mais do serviço.

A prática, porém, pode não ser efetiva. Como o colaborador deve ser monitorado por você (ou sua equipe), para indicar as atividades a serem feitas, a ideia de lidar apenas com a parte da estratégica da empresa não será tão efetiva.

Por outro lado, com os serviços gerenciados de TI, o cliente fica encarregado apenas por validar as atividades a serem feitas, verificar que prioridades o contratado deve realizar e realizar o feedback (evidenciando se o serviço está conforme o combinado).

Isso ocorre, pois a empresa prestadora de serviços ficará encarregada por monitorar de maneira contínua as atividades do funcionário, além de buscar a melhoria nos processos.


Forma de resolver os problemas

De modo semelhante ao que ocorre com os colaboradores fixos, no outsourcing, a equipe só é acionada quando a empresa encontra algum problema. Outro detalhe é em relação à cultura da companhia solicitante.

Como os profissionais solicitados atendem diretamente ao cliente, os colaboradores devem se adaptar às rotinas empregadas pelo cliente. Na prática, essa ideia pode acabar fazendo com que o funcionário seja cuidado como se fosse um empregado próprio da empresa, mesma situação que vimos acima, que não é adequada.

Em contrapartida, atuando de forma proativa, os serviços gerenciados devem prevenir os problemas. Como o objetivo é evitar falhas, a prestadora de serviços fica encarregada de monitorar as atividades solicitadas pelo cliente, cuidando da segurança das máquinas, verificando o funcionamento correto de equipamentos, como os servidores, por exemplo.

Neste artigo, vimos que a busca pela melhoria dos serviços pode mostrar que a contratação de uma equipe interna de TI apenas para fazer atividades cotidianas pode ser uma má estratégia para a companhia.

Por esse motivo, você deve buscar uma equipe qualificada para monitorar os processos do seu empreendimento. Além de não precisar se preocupar com as atividades diárias dos profissionais contratados, a equipe é preparada para monitorar as funcionalidades de TI, evitando que falhas aconteçam repentinamente.

E você, já conhecia os serviços gerenciados de TI? Assine a nossa newsletter para receber mais novidades sobre segurança da informação!

Notícias relacionadas