Notícias GetTI

Entendendo o monitoramento de infraestrutura de TI

Ao longo dos últimos anos, o monitoramento da infraestrutura de TI tornou-se um dos principais processos de gestão tecnológica no ambiente corporativo. Essa rotina permite que empresas identifiquem problemas, reduzam riscos e consigam agilizar processos. Além disso, ela dá ao negócio a capacidade de atuar de maneira estratégica na otimização dos seus sistemas e dispositivos.

Como uma rotina de monitoramento de infraestrutura de TI deve ser planejada? Qual é a importância desse processo para o usuário? Continue a leitura deste artigo e fique por dentro do assunto!

O que é o monitoramento da infraestrutura de TI?

O monitoramento consiste na avaliação contínua da performance de dispositivos e sistemas de TI. Essa rotina é apoiada por métricas de desempenho, que dão ao técnico responsável pela execução da atividade uma visão abrangente sobre o real estado dos equipamentos.

Esse é um processo cíclico e contínuo. A partir da identificação dos itens que são vitais para a performance da empresa, o gestor estabelece soluções para identificar as variações de performance de cada ferramenta e, com isso, rastrear a existência de problemas. Assim, é possível otimizar com precisão os sistemas e garantir que o usuário tenha acesso a ferramentas com um alto nível de disponibilidade para o seu trabalho diário.

Qual é a importância do monitoramento da infraestrutura de TI?

O monitoramento da infraestrutura de TI tornou-se um processo estratégico no ambiente corporativo. A compreensão da performance dos dispositivos e ferramentas de software junto com a otimização contínua de tais recursos pode ser vista como um processo crucial para a competitividade da companhia.

Se o negócio possui um meta de reduzir os seus custos operacionais, por exemplo, as rotinas de monitoramento podem ser adotadas para eliminar desperdícios. O gestor identificará o desperdício de recursos e, a partir disso, poderá executar medidas corretivas para maximizar a performance de cada equipamento.

Monitorar os recursos de TI também garante que a empresa tenha serviços com maior valor agregado. Com a melhora contínua da performance dos seus equipamentos, os profissionais poderão trabalhar com mais agilidade e qualidade. Assim, a prestação de serviços será feita de maneira mais inteligente, com um grande foco nas necessidades de clientes e parceiros comerciais — algo fundamental para que a empresa possa atingir seus objetivos de médio e longo prazo.

Em outras palavras, o monitoramento da infraestrutura de TI é um processo que, ainda que seja básico, é necessário para qualquer empresa que investe em tecnologia. Ele garante que os funcionários tenham recursos sempre disponíveis e com boa performance. Além disso, é possível eliminar gastos, diminuir o número de falhas e abrir os caminhos para que a empresa possa sempre otimizar a sua infraestrutura tecnológica.

Como fazer o monitoramento de TI na empresa?

O monitoramento da infraestrutura pode ser executado com o apoio de uma série de ferramentas e estratégias. Elas permitem ao gestor ter uma visão mais abrangente sobre a performance de todas as ferramentas e, assim, encontrar os pontos necessários para maximizar o desempenho de todas as soluções presentes no ambiente de dados. Veja abaixo os passos necessários para criar rotinas de monitoramento bem estruturadas.

Defina o que deve ser monitorado

É fundamental que o gestor saiba o que deve ou não ser monitorado. Ainda que a performance de todos os equipamentos impacte nos resultados da companhia direta ou indiretamente, priorizar as tecnologias que serão monitoradas permite que o empreendimento utilize melhor os seus recursos operacionais.

Portanto, avalie quais são as tecnologias críticas e, a partir disso, direcione o trabalho de monitoramento de maneira mais eficaz. Nesse momento, a empresa deve avaliar quais são as soluções críticas para o setor de TI e para o negócio como um todo. Isso será fundamental para uma distribuição de recursos mais eficaz e livre de desperdícios.

Adote as soluções corretas

As ferramentas de monitoramento podem ser utilizadas em toda a infraestrutura. Portanto, é importante que o negócio escolha uma solução que atenda às suas necessidades, evitando o desperdício de recursos financeiros.

Se a companhia precisa otimizar a integridade da sua rede, por exemplo, o firewall pode ser implementado. Se o problema for no uso dos computadores, soluções que avaliam o uso de recursos como o armazenamento de discos podem ser adotadas. Assim, a companhia conseguirá prolongar o tempo de vida das suas máquinas de uma forma mais precisa e inteligente.

Crie métricas para saber o que deve ser otimizado

A definição de indicadores de performance é um ponto-chave para que a empresa faça um monitoramento eficaz. As métricas precisam ter como base a performance média dos equipamentos e, bem estruturadas, serão a chave para melhorar o dia a dia do setor de TI.

O principal indicador de performance é o uptime, que avalia a disponibilidade de soluções de TI. O ideal é que todo dispositivo ou sistema tenha uma disponibilidade acima de 98%, evitando que os profissionais tenham problemas no seu dia a dia.

Otimize os recursos e defina políticas de mitigação de danos

Os dados coletados com o monitoramento de recursos devem ser utilizados para que a empresa possa ter melhor qualidade e performance no seu dia a dia. Ao identificar problemas, a companhia deve executar correções para garantir a melhoria imediata das soluções.

Para que esse trabalho seja feito da melhor forma possível, o empreendimento deve ter processos para mitigar erros com rapidez. Dessa forma, o impacto causado por tais problemas será o menor possível.

Conte com um parceiro estratégico

O apoio de uma empresa especializadapode ser a solução para o negócio caso a empresa tenha problemas para direcionar recursos técnicos para os processos de monitoramento da infraestrutura de TI. Ao contratar uma empresa especializada, o negócio garante que as rotinas de manutenção e prevenção de riscos serão feitas de uma forma mais inteligente e efetiva.

A companhia terá todo o seu perfil e a sua infraestrutura avaliados. Com os dados em mãos, a empresa contratada poderá definir uma estratégia de monitoramento de infraestrutura de TI que considera os principais pontos e as vulnerabilidades existentes. Dessa forma, a infraestrutura será mais otimizada e passará a ter um papel estratégico nos resultados da companhia em médio e longo prazos.

Quer saber mais sobre como esse trabalho é feito? Então entre em contato conosco!

Notícias relacionadas