Notícias GetTI

Backup como serviço: entenda como funciona o BaaS

Os backups de empresas, muitas vezes, são serviços onerosos que exigem a compra de servidores modernos e a contratação de profissionais qualificados para as tarefas. São atividades de extrema importância para qualquer organização que necessite de segurança de dados, porém pouco agregam à qualidade do produto final frente aos concorrentes.

Para eximir as empresas de se preocupar com backups sem abrir mão dessa segurança, uma nova modalidade de serviço está surgindo: o BaaS, acrônimo para Backup as a Service, ou backup como serviço, que será o assunto desse post. Quer entender melhor como funciona e quais as vantagens para sua organização? Então continue conosco!

Definindo BaaS

BaaS é uma nova alternativa aos serviços tradicionais de backup. Em vez de construir os backups in loco e fazer a manutenção dentro da própria empresa, as companhias estão optando por contratar empresas terceirizadas que fazem esse serviço. Essas empresas situam-se fora do perímetro de atuação da empresa contratante e usam fornecedores baseados em cloud.

Isso é ideal para a proteção de dados contra furtos no estabelecimento e até contra desastres naturais. Os fornecedores de backup são equipados com grandes datas centers que são responsáveis por fazer os backups frequentemente.

O BaaS é perfeito para negócios e organizações que se encontram no limite para fazer backups localmente, seja por capacidade física, falta de equipe qualificada ou por falta de segurança da informação. O BaaS também é ideal para empresas que não querem investir dinheiro em uma infraestrutura de TI somente para gerenciamento de backup de dados.

Vantagens do BaaS

A principal vantagem do BaaS é a facilidade do serviço contratado. Isso por que a responsabilidade de todas as tarefas relacionadas ao serviço de backup é da empresa contratada. Ou seja, o contratante não precisa se preocupar com processos como rotacionar os dispositivos de armazenamento, mover dados manualmente para fora do perímetro da empresa e verificar integridade e duplicidade de dados. O fornecedor do BaaS cuida de tudo.

E não para por aí. O contrato do BaaS geralmente é dado por uma tarifa fixa mensal. Isso permite que startups e empresas de pequeno porte possa pagar por serviços complexos sem precisar lidar com compra de maquinário ou mesmo mão de obra específica. Além disso, o BaaS previne o contratante de ter surpresas de orçamento causados por falhas humanas de gerenciamento ou de máquina. Assim, muitas vezes, a taxa que se paga pelo serviço, acaba sendo revertida em investimento em praticidade e segurança para a empresa.

Até mesmo porque os fornecedores de BaaS geralmente tomam precauções extras relacionadas com backup que as próprias organizações detentoras dos dados não tomariam. Por serem empresas especializadas no nicho, elas têm maior conhecimento técnico sobre o assunto, o que implica em testes diários, relatórios de dados, backups fora do horário do expediente, entre outros serviços importantes para a segurança dos dados.

3 razões para implementar BaaS na sua organização

O Backup as a Service traz muitos benefícios às empresas. A seguir vamos listar alguns motivos principais para implementar BaaS em uma organização.


Armazenamento em nuvem sob demanda

O armazenamento local possui um limite de capacidade, que é a quantidade de dados que um disco rígido consegue armazenar. Ao atingir esse limite, é necessário a compra de mais equipamento, acarretando em um custo extra, além da manutenção e execução de backup. O BaaS funciona em nuvem, o que teoricamente deixa o armazenamento próximo ao infinito, fornecendo uma elasticidade para o volume de dados. O contratante não precisa se preocupar com espaço para seus backups.

A escalabilidade do armazenamento beneficia, principalmente, empresas que lidam com big data, onde a quantidade de dados cresce exponencialmente. Os planejamentos de hardware para soluções de backup in loco dessas empresas ficam desatualizados em menos de 5 anos, uma vez que possuem seus dados alterados todos os dias e precisam de backup constante.

A agilidade e elasticidade dos serviços de nuvem dão às empresas flexibilidade no ajuste do crescimento de dados quando os planos de crescimento ficam acima do cenário real. BaaS oferece suporte para os eventos que vão além do planejado.


O setor de TI ganha mais foco nas questões que realmente importam

Grande parte dos profissionais de TI tem o desejo de se livrarem das tarefas cotidianas e repetitivas para engajarem em inovação. Isso inclui serviços de rotina como backups. Quanto mais uma organização terceirizar serviços de rotina, mais foco ela terá para utilizar em iniciativas e estratégias para alavancar o negócio.

Um exemplo comparativo é a relação de empresas de vendas com o serviço de correios. A maioria dos vendedores não tem seu próprio serviço de entrega. Elas terceirizam esse serviço delegando empresas, como Correios, por exemplo. Isso faz com que a equipe de vendas possa se concentrar no principal objetivo, que é vender os produtos, criar estoques, etc.

Toda a infraestrutura envolvendo backup pode ser mais complicada do que simplesmente copiar dados de uma máquina para outra. Sem contar que o backup não traz nenhum diferencial mercadológico frente às outras empresas. Ele é um mecanismo de segurança que é necessário para funcionamento e integridade do negócio. As empresas devem gastar seu tempo focando mais em sua estratégia para posicionamento de mercado do que fazendo backups.


Terceirização de backup traz às empresas tranquilidade para trabalhar

Uma empresa grande pode conter um volume gigantesco de dados, podendo extrapolar centenas de petabytes. Quanto maior a quantidade de dados, mais profissionais são necessários para fazer o gerenciamento dessas informações. Algumas empresas negligenciam a contratação de mais profissionais para a área devido ao fato de o backup não ser a atividade-fim da empresa.

Em alguns cenários mais caóticos a delegação de backups fica sobrecarregada por causa do excesso de dados perante o número de profissionais para realizar essa atividade. O que acontece muitas vezes, são profissionais que não fazem o backup de maneira adequada devido ao excesso de serviço.

Por isso, começam a acontecer problemas relacionados aos backups anteriores e esses profissionais acabam tendo que fazer, na maioria das vezes, tarefas de emergência. O backup vai ficando cada vez mais negligenciado e mais urgências vão aparecendo, deixando a atividade para segundo plano.

Como você pôde perceber, quando um BaaS é contratado, o fornecedor do serviço monitora os backups constantemente para garantir que todos os dados sejam armazenados de forma adequada. Isso isenta os contratantes dessa modalidade de serviço de garantir que os backups funcionem adequadamente, de forma que eles podem realmente focar em fazer os sistemas funcionarem em vez de se preocupar com problemas e remediações.

Gostou do nosso conteúdo sobre BaaS? Então confira os 5 motivos para aplicar serviços gerenciados de TI na sua empresa para saber ainda mais sobre o assunto. Até a próxima!

Notícias relacionadas